Ter um plano de segurança básica deve fazer parte do plano de ação de qualquer empresa, não só para proteger os dados da organização, mas também guardar dados sigilosos dos clientes. Em meados de 2017, várias empresas sofreram ataques cibernéticos e tiveram os seus computadores invadidos por um vírus que furta informações sigilosas. Este tipo de crise pode não ser apenas interna, mas também acarretar em multas e perda de credibilidade de uma companhia.

 

Seguem algumas dicas que você pode implementar na sua empresa para evitar que isto aconteça:

 

Mantenha seu sistema sempre atualizado.

 

Equipamentos e softwares estão sempre evoluindo e sendo atualizados diariamente. Antivírus e programas de proteção de dados são essenciais para manter a confidencialidade de dados e precisam trabalhar para atender as necessidades das empresas, de acordo com o porte e necessidades. Eventualmente, eles precisam ser  atualizados para apresentar um desempenho melhor. Então fique atento(a)!

 

Sistema de backup.

 

O sistema de backup é essencial, até mesmo para pequenas e médias empresas, afinal, quem nunca perdeu aquele arquivo antes de salvar? O sistema de backup vai muito além disso. A cópia de todos os seus dados é essencial para casos de emergência que vão de ataques cibernéticos e até mesmo panes no sistema. Preserve os seus dados e dos seus clientes também!

 

Leia também: LGPD: o que é e como pode afetar a sua empresa

 

Elabore um termo de políticas sobre o uso da internet

Estas orientações servem para impedir que colaboradores sem orientações ou despreparo, deixem os dados da empresa em risco. Este termo pode diminuir gastos na hora de investir com medidas de ataques cibernéticos.

 

Essas são apenas algumas ferramentas para auxiliar você e sua empresa na proteção de dados. De todas as que citamos acima, qual você utiliza nessa empresa? Para mais conteúdos valiosos para o crescimento da sua empresa, fique ligado em nossas redes sociais e blog.